NOTÍCIAS

Postado em 27 de Junho às 08h18

Comex em Pauta aborda estratégias para exportar aos EUA

  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -

“Como exportar para os Estados Unidos?” foi o foco da 2ª edição do Comex em Pauta promovido pelo Núcleo de Comércio Exterior e Logística Internacional da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), nessa semana, no auditório do Sicoob MaxiCrédito. A iniciativa, que é realizada mensalmente, tem por objetivo desenvolver o comércio internacional de Chapecó e região. O evento contou com a presença de empresários e lideranças de entidades empresariais.

Na abertura, o diretor de Relações Internacionais e Comex da ACIC e vice-presidente de Relações Internacionais da Facisc, Milvo Zancanaro, destacou a importância do projeto para fortalecer os pequenos negócios de Chapecó e região. “Nosso País tem grande potencial para exportação e não estamos aproveitando de maneira adequada. Com o Comex em Pauta, queremos ajudar na preparação de empresas para ingressar no mercado internacional, pois temos boas fontes de recursos, agregação de valor e produtos e serviços de qualidade para oferecer”.

A programação seguiu com explanação do coordenador de Inteligência de Mercado e Promoção Comercial da Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) Cláudio Nascimento, que apresentou a entidade e falou sobre a missão de apoiar pequenas e médias empresas para o mercado internacional. Destacou o projeto setorial Brazilian Flavors, realizado juntamente com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) que visa auxiliar empreendimentos brasileiros nos esforços de fomentar as exportações de produtos processados pelas empresas associadas por meio de ações de promoção comercial focadas nos mercados-alvo selecionados.

Os produtos são voltados ao consumidor final e possuem alta qualidade e valor agregado, apresentando um ou mais atributos diferenciadores, tais como: típicos do Brasil, saudáveis, gourmets, funcionais, sustentáveis, orgânicos, únicos no mundo, certificados etc. “Oferecemos apoio de adequação aos mercados e auxiliamos os empresários a encontrarem potenciais parceiros. Importante destacar que o mercado internacional deve ser visto como uma estratégia da empresa e não como um impulso do momento”, observou Nascimento.

Outra apresentação foi conduzida pelo coordenador do programa Exporta SC e analista da Unidade de Comunicação e Mercado do Sebrae/SC, Douglas Luis Três, que focou nas soluções do Sebrae/SC para auxiliar na preparação para o mercado internacional. Destacou a importância de diversificar estratégias para não ficar vulnerável ao mercado doméstico, falou sobre as táticas para evitar e recompor o fluxo de caixa em momentos de sazonalidade ou instabilidade do mercado doméstico e abordou o que o Sebrae pode fazer pelos pequenos negócios, além de mencionar o ecossistema que envolve a exportação.

Douglas enfatizou, ainda, a importância do suporte adequado como, por exemplo, buscar um bom contador, um bom advogado, entre outros profissionais que possam abrir portas e indicar caminhos, dependendo da necessidade. “A estratégia que não deve ser adotada é a variação cambial favorável do momento ou produto excedente. O planejamento é o que nos abre o caminho para onde queremos chegar e temos que fazer isso de acordo com nossas possibilidades e com estratégias adequadas”, concluiu Douglas, que também apresentou uma solução do Sebrae/SC, de 44 horas, destinada a micro, pequenos e médios empresários que buscam investir no mercado internacional. O programa será lançado em setembro e tem como foco a área de alimentos e bebidas.

A coordenadora do Núcleo de Comércio Exterior e Logística Internacional, Fernanda Colatto Guillen, reforçou que o Comex em Pauta é um evento gratuito que visa trazer mensalmente oportunidades para empresas de Chapecó e região que já realizam exportação e para as que querem ingressar nesta atividade. “Nosso objetivo é desenvolver o mercado, movimentar a economia, gerar empregos e promover o fortalecimento dos negócios de forma sustentável”.

O evento contou com o apoio da ABBA, BeOn Websites, Sebrae/SC, Unoesc/Apex-Brasil e Facisc.


 

Veja também

Poder público, academia e iniciativa privada: a tríplice hélice para o desenvolvimento econômico sustentável24/10/13 A Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) a Deatec, em parceria com o Sebrae/SC; Unoesc Chapecó, Universidade da Fronteira Sul e Unochapecó, promoveu, na última quarta-feira, em Chapecó, o 1º Seminário Regional de Tecnologia e Inovação que integra as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O......
Nota de Repúdio09/12/14 ACIC, CDL e SICOM REPUDIAM MUDANÇA NO CÁLCULO DE SUPERÁVIT PRIMÁRIO A aprovação do Projeto de Lei 36/14, que altera a forma de cálculo do superávit primário, atinge o princípio da......
Workshop esclarece sobre a Lei da Terceirização11/05/17 A intenção de trabalhar com terceirização e a busca por conhecimentos sobre a legislação levou a gerente administrativo da Coserpro, Elaine Tariga, a participar do workshop “Estou livre para terceirizar?”,......

Voltar para Notícias