Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 23 de Agosto de 2021 às 10h07

    Boomerang de Ideias - Jovens empresários conhecem trajetórias de superação e sucesso

    ACIC CHAPECÓ Evento tem por objetivo conhecer trajetórias de sucesso e trocar experiências. Espírito empreendedor, inovador e não ter medo de desafios. Trabalhar com entusiasmo, motivação e acreditar...

    Evento tem por objetivo conhecer trajetórias de sucesso e trocar experiências.

    Espírito empreendedor, inovador e não ter medo de desafios. Trabalhar com entusiasmo, motivação e acreditar nas pessoas. Esses foram alguns dos aspectos citados pelos empresários Emerson Luiz Angonese, diretor da franquia Farmácias São Rafael, e Márcio Luiz Lira, CEO da AngelLira Gerenciamento de Riscos e Logística. Eles relataram suas trajetórias no evento Boomerang de Ideias, promovido nesta semana pelo Núcleo de Jovens Empresários da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), com apoio do Carpenvin Wine Bar.

    Angonese contou que começou como colaborador de uma farmácia, assim como seu sócio, Rogerson Zanandréa. Os dois atuavam como representantes comerciais, Zanandréa vendendo a parte de perfumaria e Angonese de medicamentos. O sonho de ter uma farmácia foi concretizado em 1997, com a fundação da primeira loja da Farmácias São Rafael em Chapecó. "Tudo era novo e extremamente desafiador, com pouco conhecimento do mercado, sem uma grande estrutura e experiência administrativa. Com muito trabalho e dedicação as barreiras iniciais foram sendo superadas e a empresa começou a crescer", lembrou Angonese.

    Há 15 anos, quando foi inaugurada a terceira loja na cidade, os sócios criaram departamentos dentro da empresa, saindo das tarefas do dia a dia para atuar com mais afinco na gestão estratégica. O resultado foi a abertura de mais três lojas no período de um ano. Em 2008 deram mais um passo importante: a criação da Rede de Farmácias São Rafael. Atualmente, são 15 lojas em Chapecó.

    Baseado nos processos e padronizações adotados a partir de uma visão mais estratégica do negócio, há seis anos iniciou a expansão para outros municípios. Foi quando surgiu a possibilidade de abrir franquias. "A primeira delas foi inaugurada há quatro anos. Mas desde o início da ideia, contratamos um gerente de franquias, que trabalhou durante dois anos no projeto, antes de abrir a primeira loja nesse sistema. Não é um processo simples, mas deu certo", frisou Angonese. Atualmente, entre as próprias e as franquias, são 54 lojas na região Sul e em São Paulo.

    A AngelLira é especializada em monitoramento de risco, logística e jornada, atendendo milhares de clientes entre embarcadores, transportadores, associações e cooperativas em todo Brasil. Mas para chegar neste patamar, houve muito trabalho e persistência na ideia de um negócio que não era tão popular alguns anos atrás.

    Márcio Lira contou que quando recebeu a notícia que tinha passado no vestibular, concluiu que, com o emprego da época, não conseguiria pagar a mensalidade e decidiu ter sua própria empresa. Ao folhear uma revista, leu sobre rastreamento de caminhões e resolveu fazer um rastreador. Com um amigo, conseguiu consolidar o projeto: criar um rastreador que disparava um alarme no celular. "Porém, era muito caro, a placa para fazer o software custava R$ 2 mil. Então, fui atrás de uma empresa de rastreamento", relatou. Após mais alguns percalços, conseguiu instalar em um caminhão. "Nisso, eu já tinha sido demitido de sete empregos. A ideia era iniciar o meu negócio", frisou, ao acrescentar que esse novo rastreador funcionava, mas o valor também era muito elevado.

    Após visitar todas as transportadoras da região, fechou com os primeiros quatro caminhões. O primeiro cliente foi a Transportadora Cordenonsi, cliente até hoje. "Mas quatro caminhões eram muito pouco. Eu trabalhava das 3h às 19h, mas consegui contratar uma pessoa, pois o serviço é 24 horas".

    O primeiro grande salto para o crescimento da empresa foi um contrato com a Aurora Alimentos, que tinha 360 caminhões. "Foi uma comemoração grande, mas levamos um ano para instalar os rastreadores", relembrou Lira. Então, veio um pedido da cooperativa: um sistema para monitorar temperatura. "Eu tinha ouvido falar que nos Estados Unidos tinha um sensor de mercúrio e garanti a produção do software. Fechamos o negócio e vendemos todo o sistema de controle de temperatura", contou. Outro aspecto que contribuiu para o desenvolvimento foi quando a Sadia procurou a empresa. "Eram 1.500 caminhões. Na Sadia começamos a fazer mais coisas além de controle de temperatura e logística", relatou.

    COMPROMETIMENTO


    Angonese salientou a importância de conhecer o mercado, buscar especialização na área de atuação e de gestão, além de investir em treinamento dos colaboradores e buscar exemplos. "Para manter o processo precisamos das pessoas. Buscamos valorizar quem está conosco, conceder benefícios e integrar as pessoas para que compreendam a essência do negócio. Não é fácil, tem muito trabalho envolvido. Também é importante ver quem faz melhor, não precisa inventar a roda, não é feio copiar, mas precisa aproveitar o que é bom", indicou.

    Lira enfatizou que ninguém cresce sozinho. "Se você quer ter uma empresa, precisa de pessoas junto, engajadas o máximo possível, e precisa confiar nelas, saber delegar e também arriscar a perder. O gestor precisa ter a mente aberta, ser positivo e ter visão", orientou, ao acrescentar que é preciso ter propósito e valor. "Não adianta falar e não fazer. Para nós, funciona o exemplo, com propósito e valor", reforçou.

    O coordenador do NJE, Willian Cezar, enfatizou que o grande objetivo do Boobmerang de Ideias é estimular a troca de experiências para inspirar e levar conhecimento aos jovens empreendedores. "O NJE é um núcleo que encurta etapas. Ao promover momentos como esse, de debate, nos ajuda a planejar, a antecipar problemas, a encontrar soluções, oportunizando o desenvolvimento das nossas empresas".

    Veja também

    Coach fala sobre atuação profissional no programa Fique Sabendo09/08/13 Integrante do Núcleo do Jovem Empreendedor (NJE), da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), o CSO & Executive Coach Robson Nasc, foi o convidado para apresentar suas atividades profissionais durante no Programa Fique Sabendo que ocorreu nesta semana. Formado e membro do maior centro de excelência em Coaching da América Latina, a SLAC - Sociedade Latino......

    Voltar para Notícias