Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 03 de Fevereiro de 2017 às 08h26

    ACIC recebe visita de secretário da agricultura, comandante da PM e senador

    Os programas e as ações da Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca foram discutidas na visita que o titular da pasta, Moacir Sopelsa, nesta semana à Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). Acompanhado de assessores e de gerentes da Cidasc, Epagri e Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), o visitante foi recebido pelo presidente Josias Mascarello e outros diretores.
    Sopelsa fez um balanço sobre a relevância do agronegócio para a economia catarinense e o papel estratégico do grande oeste como centro de produção. Destacou a importância de manter o status sanitário de área livre de aftosa sem vacinação e evitar a entrada de patologias, como a gripe aviária que já atinge 35 países e já chegou ao Chile. Nesse aspecto, a ACIC enfatizou a importância das barreiras de controle nas dividas estaduais.
    O secretário fez uma avaliação do mercado do milho, insumo essencial das principais cadeias produtivas cuja escassez, em 2016, causou pesados prejuízos ao País. Nesse aspecto, defendeu a abertura de um novo canal na fronteira Brasil/Argentina em Paraíso, permitindo às agroindústrias do oeste catarinenses se abastecerem do milho produzido na Argentina e no Paraguai.
    Maior rapidez na renovação das licenças ambientais foi outro tema discutido. O secretário defenderá a renovação automática das licenças ambientais de aviários, criatórios de suínos etc e posterior inspeção técnica da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), eliminando a demora no processamento que ocorre atualmente.
    O secretário apoia duas reivindicações da ACIC. Uma delas é a transferência para o Município da área onde funciona a estação de pesquisa da Epagri, no bairro São Cristóvão, para sua transformação em parque público. Outra, é a instalação de um avançado laboratório de análises de leite.
    Também abordou a questão da infraestrutura regional e a necessidade de duplicação da rodovia BR-282, a construção das ferrovias e o suprimento de energia elétrica.
    Ao final, Moacir Sopelsa assistiu a uma exposição sobre a Mercoflora, nova feira econômica de Chapecó, programada para os dias 9, 10 e 11 de agosto deste ano, feita pelo gerente do projeto Nadir José Cervelin.
    COMANDANTE DO 2º BPM RICARDO ALVES DA SILVA
    O tenente-coronel Ricardo Alves da Silva, recém-empossado no comando do 2º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Chapecó, manteve reunião com a diretoria executiva da ACIC. Na ocasião, fez um balanço da atuação da corporação em Chapecó e as condições de trabalho em termos de efetivo, equipamento e outros recursos materiais, além de avaliar o quadro geral de criminalidade.
    Os diretores da ACIC destacaram a necessidade de criação de novos CONSEGs (Conselhos Comunitários de Segurança Pública) e de revitalização dos existentes, bem como a elaboração de um plano geral de segurança para o município de Chapecó. A ACIC também pediu atenção especial para algumas áreas de violência endêmica, onde a ocorrência de crimes contra a vida e o patrimônio são mais freqüentes.
    Também foi solicitado apoio do comandante para projetos como o “Chapecó Inteligente”, que prevê o emprego de tecnologia da comunicação nas viaturas e a criação do Núcleo Integrado de atendimento ao adolescente infrator.
    O presidente Josias Mascarello destacou o longo histórico de cooperação que a ACIC mantém com a Polícia Militar para a solução de problemas da sociedade chapecoense, postura que será mantida e ampliada com o novo comandante.
    SENADOR PAULO BAUER
    O senador Paulo Bauer, filiado ao PSDB e representante de Santa Catarina na câmara alta do Congresso Nacional, reuniu-se com a diretoria da ACIC para ouvir reivindicações e fazer um relato das atividades parlamentares.
    O parlamentar acredita que o ano de 2017 será marcado pela lenta retomada do crescimento. Assinalou que o governo de Michel Temer está criando condições para a estabilidade. Apontou que a aprovação da PEC do teto de gastos foi importante para a conquista do equilíbrio fiscal. Agora, Bauer considera essencial a reforma da Previdência Social e prevê que ela será aprovada na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Logo após, ainda neste ano, o Congresso apreciará a reforma trabalhista.
    O senador entende, entretanto, que as grandes mudanças que o Brasil necessita somente serão conquistadas no mandato do próximo governante: são as reformas política e tributária. Ele defende a redução do número de partidos políticos e uma nova regulamentação para coligações e outros aspectos do processo eleitoral.
    Paulo Bauer antecipou que colocará seu nome à disposição do partido como candidato ao governo do Estado em 2018.
    O presidente Josias Mascarello e os diretores apresentaram algumas reivindicações relacionadas à infraestrutura regional.

    Veja também

    Movimentação de passageiros cresce 8,4% no aeroporto de Chapecó em 201408/01/15 Mais de 420 mil pessoas passaram pelo terminal, que se aproxima da saturação e preocupa a prefeitura O aeroporto de Chapecó recebeu 420,4 mil passageiros no ano passado, mais que o dobro da população da cidade, que tem cerca de 200 mil habitantes. O crescimento em relação a 2013 foi de 8,4%. O movimento começa a se aproximar da saturação e a......
    Ercoex 2015 reúne mais de 600 pessoas em Chapecó01/10/15 Debater o atual cenário econômico do Brasil com foco no comércio exterior e na logística foi o principal objetivo da 11ª edição do Encontro Regional de Comércio Exterior (ERCOEX), organizado pelo......

    Voltar para Notícias