NOTÍCIAS

Postado em 14 de Novembro às 17h12

Uma noite de inspiração: empresas vencedoras do Excelência SC relatam sua trajetória

Eventos (99)Núcleos (50)
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -

O Núcleo de Excelência da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) promoveu nesta semana um encontro no qual as empresas do Oeste vencedoras do Prêmio Catarinense de Excelência 2019 relataram suas trajetórias e o que fizeram para conquistar o reconhecimento. O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Material Elétrico de Chapecó (Simec), a Família Werlang e a Ogochi apresentaram seus cases.

A coordenadora do Núcleo e vice-presidente do Excelência SC - Região Oeste, Isabel Cristina Machado, enfatizou que a busca pela excelência na gestão é um dos objetivos discutidos no grupo empresarial. “Trazer as empresas que foram reconhecidas pela melhoria nos processos para trocar experiências é uma maneira de inspirar os demais empreendedores, além de perceber que atrás do sucesso existe muito trabalho, dedicação e comprometimento. Foi uma noite de inspiração.

O Simec e o empreendedor rural – Família Werlang foram vencedores no Nível I – 125 pontos e a Ogochi no Nível III – 500 pontos, com o Troféu Bronze. Para receber o reconhecimento, as empresas implantaram o Modelo de Excelência em Gestão (MEG), por meio do Programa Excelência da Gestão (PEG), disseminado em Santa Catarina pelo Movimento Catarinense pela Excelência (Excelência SC). O MEG é o carro-chefe da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) para a concretização da sua missão, que é a de estimular e apoiar as organizações brasileiras no desenvolvimento e na evolução de sua gestão para que se tornem sustentáveis, cooperativas e gerem valor para a sociedade.

SIMEC

O Sindicato foi fundado em 1988. Atualmente possui 22 diretores, seis conselheiros e tem como presidente Adilson Campos. Conta com diretores setoriais, com sete delegados regionais e atua em uma área que abrange 34 municípios do Oeste. A entidade mantém benefícios e adota medidas consistentes de apoio às empresas associadas, como cursos, palestras, convênios, missões empresariais, visitas técnicas, entre outros. Também promove a Feira Eletrometalmecânica que traz atualização, inovação tecnológica e realização de negócios para o setor.

De acordo com a secretária executiva do Simec, Cleodete Tavares, antes de iniciar o MEG, o Sindicato havia ganho alguns prêmios, como o primeiro lugar no Troféu Destaque no Desenvolvimento Associativo da Vice-Presidência Regional Oeste da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). Em 2014 foi elaborado o primeiro planejamento estratégico e em 2016 iniciou a implantação do MEG. “Começamos o diagnóstico observando o que havia de lacunas, iniciamos a estruturação das ações e o estabelecimento de metas”.

Em 2018, foi reformulado o planejamento estratégico. Como resultado das ações implementadas, obteve-se alinhamento de todos os processos, aproximação dos associados com encontros, visitas técnicas e palestras, reformulação do processo de comunicação, realização de pesquisas para identificar as necessidades dos associados, retenção de associados, inclusão de novos, entre outros. Também foi reformulado o planejamento financeiro, formalizadas parcerias com outros sindicatos patronais da indústria e implantado um grupo de excelência para os associados. “Através desses resultados surgiram prêmios como o Destaque no Desenvolvimento Associativo e o Excelência SC”, frisou Cleodete.

FAMÍLIA WERLANG

Ser reconhecida como propriedade referência em gestão, qualidade de vida e dos produtos oferecidos é a visão da Família Werlang, da linha Alto Maipu, em Saudades. O empreendedor rural Silvenio José Werlang relatou a história da família, que iniciou com o avô. Ao herdar a terra, Werlang foi, aos poucos, implantando melhorias junto com a esposa Gessi Werlang e, mais tarde, com participação dos dois filhos. Em 1995 se associou à Cooperitaipu e iniciou uma trajetória de capacitações nos mais diferentes temas, desde técnicas de manejo com os animais até a gestão e o desenvolvimento sustentável.

Em 2014 comprou mais terras, totalizando 36 hectares. A família, cooperada da Aurora Alimentos, participou do Programa Qualidade Total Rural no Campo, De Olho na Qualidade Rural, do Programa de Desenvolvimento dos Empreendedores Rurais Cooperativistas – A Excelência Chega no Campo, entre outros. “Não foi fácil, mas fizemos com muito carinho e trabalho. Hoje em dia, se quisermos atuar no campo, precisamos sempre nos aperfeiçoar”, salientou Werlang, acrescentando que desde 2000 todas as ações financeiras estão registradas.

A família produz leite, suínos e feno. Também mantém na propriedade um museu com ferramentas que guardou no passar dos anos. Como conquistas de todo o trabalho, recebeu o Prêmio Empreendedor Rural Cooperativista em 2018 e, neste ano, o Excelência SC. “As ações que realizamos precisam ser mantidas na propriedade. Não é algo para fazer apenas durante os programas”, acrescentou Werlang.

OGOCHI

A Ogochi é uma empresa fabricante de roupas masculinas que atua em todo o território nacional nos segmentos adulto e infantojuvenil. Iniciou suas atividades em 1990, em São Carlos (SC), com dois funcionários e dez clientes. O começo da empresa foi cercado de dificuldades, mas seu fundador, Sidney Ogochi, acreditou no empreendimento. Ele veio de Campo Grande (MS) para São Carlos (SC) aos 21 anos e fez da companhia uma das pequenas e médias empresas que mais crescem no Brasil. Com sede em São Carlos, possui unidades fabris em Saltinho, Planalto Alegre, Águas de Chapecó, Caxambu do Sul e Palmitos.

De acordo com a diretora financeira da Ogochi, Aureane Mignon, a gestão é feita com transparência e busca-se sempre o envolvimento das pessoas. Atualmente, a Ogochi tem quase 1.500 colaboradores e atua com o MEG há três anos. “O MEG veio coroar conceitos que estávamos trabalhando”, comentou Aureane. A empresa mantém uma série de ações voltadas ao público interno e à comunidade. A atuação é focalizada na gestão, nas pessoas e na sustentabilidade. “Atualmente é fácil falar, mas as coisas não nascem prontas, é uma construção e os passos do Excelência SC demonstram isso”, observou Aureane.

Entre os resultados, estão as premiações: a Ogochi está, pelo oitavo ano consecutivo, entre as empresas que mais crescem no Brasil; recebeu pelo terceiro ano consecutivo o Prêmio Excelência SC, sempre aumentando a pontuação; recebeu o certificado de Responsabilidade Social, o Prêmio Ser Humano SC, o Selo Empresa Cidadã, a Ordem do Mérito Industrial de SC e está entre as Melhores Empresas para Trabalhar no Estado. “Se convertemos um empresário a mais para fazer o Excelência SC faremos uma sociedade melhor. Pode ser no campo, em uma indústria, em uma microempresa. Trazendo ferramentas de gestão para dentro da organização, valorização e desenvolvimento do ser humano faremos uma sociedade melhor. Isso faz a diferença”, concluiu Aureane.

Veja também

Com previsão de bons negócios, Mercoagro 2020 é lançada em São Paulo25/09 Empresários, expositores, autoridades e profissionais de imprensa participaram do lançamento da Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (Mercoagro 2020) em São Paulo nesta quarta-feira (25). A solenidade ocorreu no Pavilhão de Exposições Anhembi, onde acontece a II Feira Internacional de Processamento e......
Núcleo de Eventos da ACIC integra e desenvolve setor em Chapecó27/07/17 Desenvolver e explorar o potencial do setor de eventos em busca de excelência, promovendo sua evolução. Essa é a missão do mais recente grupo empresarial da ACIC: o Núcleo de Eventos. Com a visão de se tornar......

Voltar para Notícias