NOTÍCIAS

Postado em 09 de Julho de 2014 às 09h06

PM descentraliza ações em Chapecó com a criação de cinco comandos de áreas

Para resgatar e reforçar a credibilidade, diminuir a sensação de insegurança e restabelecer a confiança mútua entre o cidadão e a Polícia Militar foi anunciada nesta terça-feira (8) a criação de cinco comandos de áreas da sede do 2º BPM. Esta medida é resultado da campanha “Chega de violência: Chapecó unida exige segurança”, lançada em fevereiro pela Associação Comercial e Industrial (ACIC), Câmara dos Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) e Sindicado do Comércio da Região de Chapecó (Sicom), com a adesão de 50 organizações da sociedade civil.

O anúncio foi feito no auditório da ACIC, pelo comandante da 4ª região Militar coronel Edivar Antonio Bedin, em companhia dos presidentes Bento Zanoni, José Carlos Benini e Marcos Antonio Barbieri.

“É a primeira vez que ocorre uma reformulação tão intensa, pois a violência nos preocupa. Essa revisão tem o foco na eficiência, eficácia e efetividade das ações. Chapecó só tinha uma unidade operacional de comando e agora passará a contar com cinco”, explicou Bedin.

As áreas foram divididas em Centro/Norte, Oeste (Efapi), Leste (Palmital), Sul/Bormann e policiamento tático de apoio. Cada unidade contará com um capitão, uma fração de tropa e viaturas. As sedes serão as atuais estruturas físicas das bases operacionais, com efetivo médio de 17 profissionais em cada base.

A divisão visa tornar as ações de policiamento mais eficientes, com uma melhor análise das reais necessidades de cada comunidade, melhor emprego do policiamento e em especial a aproximação dos comandos com a comunidade. “Precisamos que os moradores confiem nessas pessoas e repassem informações para a situação de impunidade. Temos casos de pessoas que cometeram 54 crimes e estão soltas”, exemplificou.

Para Bedin, a Polícia Militar se aproximará da comunidade com postura, ética e enfrentamento da violência. “A intenção é diminuir os indicadores que apontam elevados índices de criminalidade no município de Chapecó. Dar ênfase em resultados, colocar os fins acima dos meios, superando os obstáculos para transformar objetivos em resultados”, complementou.

Os presidentes das três entidades empresariais ressaltaram que as ações da campanha “Chega de violência: Chapecó unida exige segurança” são permanentes e constantes, com reuniões e reivindicações. Entre as conquistas também ressaltaram a “Operação Torniquete” realizada recentemente.

Veja também

NJE: Lang fala aos jovens empreendedores18/03/15 Uma revisão da história recente do País, os mais importantes acontecimentos políticos do século passado e o atual momento da vida republicana brasileira foram aspectos focalizados na palestra que o jornalista, advogado e radiodifusor Alfredo Lang proferiu a cerca de 40 integrantes do Núcleo de Jovens Empreendedores (NJE) da Associação Comercial e Industrial de......
NTIC da ACIC apresenta site de emprego para o setor de Tecnologia19/09/13 Ferramenta reduzirá a dificuldade do setor na contratação de profissionais e ainda oferecerá, à comunidade, uma possibilidade de ingresso no mercado de trabalho O setor de tecnologia e comunicação tem......
ACIC recebe comitiva chinesa05/12/14 A diretoria executiva da ACIC recebeu, no início do mês de dezembro, a visita dos diretores da empresa chinesa Risen Solar Technology. A aproximação é fruto da missão empresarial que a ACIC realizou em abril de 2012......

Voltar para Notícias