NOTÍCIAS

Postado em 09 de Maio às 15h22

Palestra esclarece sobre serviços online oferecidos pelo governo

  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -

Desburocratizar processos, tirando o peso do Estado da vida dos cidadãos brasileiros. Esse é um dos objetivos do projeto Brasil Eficiente (Conselho Nacional para Desburocratização), que foi apresentado para empresários nessa semana, em Chapecó. O evento foi organizado pela Certa Administradora e Corretora de Seguros e Autoridade de Registro Certa, com apoio da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), e contou com palestra do membro titular do Conselho, representante do Poder Legislativo, Manuel Matos.

De acordo com ele, o Brasil Eficiente tem por objetivo encaminhar propostas de aprimoramento dos serviços públicos federais ao chefe do Poder Executivo. O intuito é que essas iniciativas se transformem em decretos que levem à simplificação dos processos e à eliminação de etapas burocráticas. “O Brasil Eficiente busca liberar a capacidade empreendedora em todos os municípios brasileiros, nivelando o acesso da população a um meio mais simples de se viver que é a utilização do mundo eletrônico”, frisou Matos.

A modernização do Estado brasileiro impõe a prestação de serviços online que sejam condizentes com os direitos e garantias constitucionais e que estejam ancorados em três pilares: o Conselho Nacional para a Desburocratização – Brasil Eficiente; a Identificação Civil Nacional (ICN); e a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP Brasil). “A intenção é que o governo não mais pergunte os dados, mas os forneça, a partir de uma infraestrutura de serviços públicos online para tirar o peso da burocracia do dia a dia do cidadão onde quer que ele se encontre, seja para marcar uma consulta no SUS, um pedido de aposentadoria, mudança do título de eleitor ou a renovação da CNH”, exemplificou Matos.

No dia 31 de dezembro deste ano o projeto será concluído. “Todos os programas básicos que influenciam na vida do cidadão precisam estar funcionando para todo cidadão brasileiro. Em fevereiro, finalizamos a CNH, o título de eleitor, a carteira profissional de trabalho e a identidade eletrônica”, complementou.

Entre esses processos está a certificação digital, um documento eletrônico que pode ser emitido para pessoas físicas e pessoas jurídicas. O diretor da Certa, Claudio Rotava, explicou que o uso do certificado ICP-Brasil garante validade jurídica, autenticidade, confidencialidade, integridade e não repúdio às operações realizadas por meio dele em ambiente virtual. “Com este documento digital é possível realizar uma série de procedimentos virtualmente, sem a necessidade de se deslocar presencialmente à sede de órgãos governamentais e de empresas ou imprimir documentos”.

O certificado digital pode ser usado para assinatura de documentos e contratos, autenticação em sistemas, atualização de informações em sistemas, entre outros. Rotava realça que os documentos assinados digitalmente com certificado digital ICP-Brasil têm a mesma validade que os documentos assinados em papel. “Além de proporcionar economia de insumos, já que não há necessidade de realizar impressões, eles agilizam processos, pois podem ser enviados por e-mail e assinados de qualquer lugar facilmente”.

Veja também

III Café com o RH07/07/17 Profissionais trocam experiências sobre gestão por competências Compartilhar boas práticas de gestão, os desafios e resultados e fazer networking foram objetivos do III Café com o RH, promovido na última semana pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), seccional de Chapecó, com apoio do Núcleo de Gestores de Pessoas da......
Como vender por meio do Google11/08/17 Quando você pretende comprar um produto ou serviço costuma pesquisar no Google? Você sabia que enquanto milhões de brasileiros buscam informações no site profissionais monitoram essas ações para fazer do......

Voltar para Notícias