Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 02 de Dezembro de 2020 às 12h47

    Núcleo de Sustentabilidade da ACIC troca experiências sobre os ODS

    Compartilhar e inspirar boas práticas empresariais e institucionais alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esse foi o objetivo do evento "ODS em foco: práticas empresariais", promovido na última semana pelo Núcleo de Sustentabilidade da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e pelo Comitê dos ODS de Chapecó.

    A programação contou com apresentação de cases de sustentabilidade relacionados aos ODS de empresas e instituições de Chapecó e região. Explanaram sobre suas ações a Cerne Ambiental, Consócio Iberê, Estilo Verde, Flor de Lis Prosa e Café, Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Moeda Verde, Solu2 e Unoesc Chapecó.

    As empresas mostraram ações simples e que podem ser implementadas no dia a dia, tanto nas empresas quanto em casa. Entre elas, estão separação do lixo, plantio de árvores, programas de educação ambiental, preservação de água, comercialização de marcas alinhadas à sustentabilidade, fazer composteiras, destinação correta de resíduos, ações preventivas na saúde e utilização dos ODS para o planejamento estratégico das empresas.

    O evento contou também com palestra sobre "A relação dos ODS e as práticas empresariais", com a coordenadora de projetos especiais na Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Adelita Adiers. De acordo com Adelita, a implantação da Agenda 2030 e o alcance dos ODS são temas que precisam estar integrados. "Quanto mais próximos estiverem a agenda pública, a sociedade civil e o setor privado, mais facilmente conseguiremos cumprir nossos objetivos".

    A Agenda 2030 foi elaborada em 2015 pela Organização das Nações Unidas. Nela, estão os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. "É um plano de ação e os ODS são os meios para sua implementação. A agenda é global, mas traz características locais e muitas questões próximas. Dentro dos 17 ODS temos 169 metas que são medidas por 231 indicadores", explicou Adelita.

    O setor privado tem papel importante na implementação dos ODS. Pesquisa da Edelman, agência global líder em relações públicas, mostra que 77% das pessoas confiam mais no seu empregador do que no governo ou na mídia; 65% acreditam que os dirigentes de empresas são capazes de gerar mudanças positivas em várias áreas e 78% das pessoas esperam que os CEOs liderem melhorias sociais e que esses executivos deveriam promover mudanças ao invés de esperar que o governo as imponha.

    Adelita destacou que o papel do setor privado no alcance dos ODS é liderar pelo exemplo. "O setor empresarial é citado mais de 400 vezes na Agenda 2030. Cada um de nós precisa se ver como líder nesse processo de mudanças. Quanto mais pessoas se envolverem, os esforços serão somados e chegaremos mais próximos dos desafios da Agenda".

    O Brasil, realçou Adelita, tem um grande desafio para a implementação dos ODS. Entre as ações, foram definidas metas para a próxima década. Elas visam traduzir os ODS para os negócios, com foco em ampliar o impacto das empresas em desafios globais. Algumas delas são: equidade de gênero em todos os níveis de gerência; redução de emissões de gases do efeito estufa; incidência zero de suborno; preservação da água; e salário digno para 100% dos funcionários.

    O diretor acadêmico da Unoesc Chapecó, professor Celso Paulo Costa, frisou que trabalhar esse tema é falar das grandes pautas mundiais voltadas à erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água, saneamento, padrões sustentáveis de consumo e de produção, clima, cidades sustentáveis, crescimento econômico inclusivo. "Todos são fatores ligados a cada um de nós", comentou.

    Para o coordenador do Núcleo de Sustentabilidade da ACIC, Eduardo Nicoleti, o evento foi importante para conhecer ações realizadas em Chapecó e região e trocar experiências. "O encontro foi possível devido às parcerias do Núcleo, da ACIC, da Unoesc, da GenTV e do Comitê Local dos ODS e já atende uma das metas que é a 17, sobre parcerias. Em Chapecó, conseguimos consolidar essas parcerias e estamos atuando para levar essa cultura para a cidade. Todos podem fazer diferença, basta querer e ter posicionamento".

    A Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos, dentro dos limites do planeta. São objetivos e metas claras, para que todos os países adotem de acordo com suas próprias prioridades e atuem no espírito de uma parceria global que orienta as escolhas necessárias para melhorar a vida das pessoas, agora e no futuro.

    Veja também

    Coach fala sobre atuação profissional no programa Fique Sabendo09/08/13 Integrante do Núcleo do Jovem Empreendedor (NJE), da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), o CSO & Executive Coach Robson Nasc, foi o convidado para apresentar suas atividades profissionais durante no Programa Fique Sabendo que ocorreu nesta semana. Formado e membro do maior centro de excelência em Coaching da América Latina, a SLAC - Sociedade Latino......
    ACIC na Câmara Vereadores divergem sobre liberação de financiamentos para o Executivo28/08/19Oposição e procuradoria da Casa destacaram inconstitucionalidade, mas Legislativo aprovou projetos em primeira votação Com debate intenso entre vereadores da oposição e da base do governo, o Legislativo chapecoense realizou nessa terça-feira (27) a primeira de duas sessões extraordinárias que têm como objetivo discutir e votar......

    Voltar para Notícias