Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 19 de Setembro de 2019 às 17h21

    Empresas associadas à ACIC Chapecó apresentam ações de sustentabilidade

    Associados (18)
    • ACIC CHAPECÓ -
    • ACIC CHAPECÓ -
    • ACIC CHAPECÓ -
    • ACIC CHAPECÓ -
    • ACIC CHAPECÓ -
    • ACIC CHAPECÓ -

    Iniciativa integra a programação da 3ª edição da Feira do Livro Chapecó

    Histórias para inspirar e tornar o mundo um lugar melhor. É isso que os representantes de três empresas chapecoenses – Verde Vida, Unimed e Renovigi – mostraram na noite dessa quarta-feira (18) ao relatarem seus cases de sucesso em sustentabilidade na 3ª edição da Feira do Livro Chapecó. As organizações foram certificadas como destaque em sustentabilidade no Prêmio ACIC/Unochapecó de Sustentabilidade.

    O Verde Vida Programa Oficina Educativa, desde o início de suas atividades, em 1994, conseguiu mesclar as três dimensões da sustentabilidade – social, ambiental e econômica. Promove a inclusão social ao atender crianças e jovens de 9 a 17 anos; a questão ambiental com a coleta seletiva de recicláveis e óleo residual de cozinha, a horta urbana para a produção de verduras e hortaliças sem agrotóxicos que recebe como adubo rejeitos de alimentos, a produção de adubo com rejeitos de frutas e verduras e também gera emprego e renda para pessoas da comunidade na qual está inserida.

    As oficinas socioeducativas são práticas para a convivência educativa que viabiliza a oportunidade da inclusão social de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. São disponibilizadas 15 oficinas: artes visuais, artesanato, desenho, informática, reforço de português, reforço de matemática, capoeira, circo, teatro, violino, violão, percussão, violoncelo, judô e manicure.

    O coordenador das atividades com os adolescentes, Vanderlei Antonio Drabach, explicou que cada jovem pode escolher no mínimo três oficinas para participar no contraturno escolar. “Muitas das crianças acolhidas chegam fragilizadas pela pobreza vivida, outras foram vítimas de abusos e violência e inúmeros possuem convivência próxima com o tráfico. A atuação do programa ocorre inicialmente na busca da socialização e da melhora do equilíbrio emocional, da autoestima, da cidadania e, por fim, a preparação e a capacitação para o ingresso no mercado de trabalho”, relatou. Atualmente, são atendidos 140 adolescentes.

    SOLIDARIEDADE

    A Cooperativa de Trabalho Médico da Região Oeste Catarinense (Unimed Chapecó) explanou sobre a campanha “Eu Ajudo na Lata”. Por meio da ação, são arrecadados lacres de alumínio que são vendidos para catadores de resíduos. O valor adquirido é revertido na compra de cadeiras de rodas ou outro tipo de item que proporcione maior acessibilidade de pessoas com deficiência.

    Iniciativa da Unimed Brasil, é desenvolvida em Chapecó desde 2012, com objetivo de proporcionar a integração entre os colaboradores, cooperados, comunidade e o fortalecimento do relacionamento com fornecedores e clientes. A ação também facilita o trabalho dos catadores de resíduos do município, auxiliando na rede deles, proporciona acessibilidade e qualidade de vida às pessoas com deficiência e o destino correto para materiais recicláveis.

    São utilizadas garrafas pets como recipientes de arrecadação dos lacres de alumínio. Na 16ª edição a meta foi arrecadar 500 garrafas de lacres. A auxiliar administrativa do setor de sustentabilidade da Unimed, Rafaela Téo Balsi, frisou que atualmente está em andamento a 17ª edição, com a meta de atingir 530 garrafas pets. “Acreditamos na campanha, pois baseia-se nos três pilares da sustentabilidade: econômico, ambiental e social, e beneficia pessoas em vulnerabilidade social, facilitando o trabalho do catador de materiais recicláveis e contribuindo com o meio ambiente”.

    Em sete anos, desde o início da campanha em Chapecó, foram arrecadadas cerca de 4,5 mil garrafas pet, que correspondem a mais de 9 milhões de lacres, gerando aproximadamente 26 cadeiras de rodas. Para participar basta arrecadar os lacres de alumínio e entregar nos pontos de coleta da Unimed Chapecó e de suas instituições parceiras.

    ENERGIA DO BEM

    O projeto “Energia do Bem – Doações de Sistemas Fotovoltaicos à Entidades Beneficentes” foi o case da Renovigi Energia Solar. O objetivo é reverter para a sociedade as conquistas e metas alcançadas pela empresa, por meio de doações de sistemas fotovoltaicos para entidades beneficentes. Em Chapecó, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) foi uma das beneficiadas.

    De acordo com a analista de marketing da empresa, Karina Echer, a instalação permitirá que a Apae economize significativamente o custo que teria com energia elétrica. “A instalação fornecerá uma economia de até 80% do gasto em energia elétrica a partir da produção de energia solar. A fatura de energia que atualmente estava na média de R$ 3.895,00 por mês, passa a representar uma redução de R$ 2.542,00 no custo médio mensal, ou seja, R$ 30,5 mil ao ano”. Além da redução do custo com energia elétrica, o sistema contribui com a redução de emissão de gás carbônico (CO2). “Cerca de quatro toneladas deixarão de ser emitidos por ano com a geração própria do sistema no local”, acrescentou.

    Além da economia, a ação teve como objetivo envolver e aproximar os profissionais da empresa da entidade, oportunizando a aprendizagem e conhecimento sobre a geração de energia solar. “Todo o processo de instalação do sistema fotovoltaico passa pela avaliação de engenheiros, que estudam a melhor forma de realizar o dimensionamento dos equipamentos”, complementou Karina.

    A Renovigi começou as doações de sistemas fotovoltaicos no início de 2018. A iniciativa é realizada em todo o País, em parceria com empresas credenciadas à marca.

    PRÊMIO ACIC/UNOCHAPECÓ DE SUSTENTABILIDADE

    O Prêmio foi uma iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), por meio do Núcleo de Sustentabilidade, e da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), com apoio da Prefeitura. As organizações foram premiadas de acordo com o porte (micro e pequena, média e grande empresa) e a dimensão de sustentabilidade (ambiental, social e econômica). A coordenadora do Núcleo de Sustentabilidade, Eliana Cansian, salientou que o objetivo foi reconhecer as empresas e entidades associadas à ACIC com as melhores práticas sustentáveis. “Agora, nossa intenção é fazer oficinas, como a dessa quarta-feira, com todas as 26 empresas que foram habilitadas para concorrer ao Prêmio. O objetivo é compartilhar experiências e mostrar que ser sustentável é possível e acessível para todos”.

    Para a diretora acadêmica da Área de Ciências Sociais e Aplicadas da Unochapecó, Silvana Krüger, o evento desta semana aproximou o entendimento de sustentabilidade dos estudantes, com a demonstração de práticas realizadas por empresas do munícipio. “Nossa intenção é aproximar o público acadêmico das organizações, proporcionando o debate do que é feito no dia a dia e compartilhar boas práticas nas três dimensões da sustentabilidade, além de inspirar mais pessoas a desenvolver iniciativas nesse sentido”.

    Veja também

    ACIC + Gestão Palestra de Martha Gabriel abordará a inovação e a transformação digital10/02Evento ocorrerá no dia 19 março e será promovido pela ACIC Chapecó Autora de best sellers como "Marketing na Era Digital" e "Educ@r: a (r)evolução digital na educação", Martha Gabriel é uma das palestrantes da segunda edição do ACIC + Gestão. O evento e será promovido pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e ocorrerá no dia 19 de março, no Centro......
    Chapecó recebe reunião do Comitê Jurídico da Facisc26/11/19Encontro discutiu a reforma trabalhista, juros bancários, a lei de liberdade econômica e o case da Mercoagro Representantes jurídicos, advogados e empresários das Associações Empresariais da região reuniram-se, nesta semana, na Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) para a reunião do......

    Voltar para Notícias