Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 09 de Setembro às 10h45

    "É preciso acreditar no sonho, trabalhar muito e ser honesto", afirma Gilberto

    Uma necessidade aliada ao desejo de ter o próprio negócio levou o empreendedor Gilberto Claro de Sousa a fundar, em 1997, a BS Áudio Soluções em Eventos, em Chapecó. Ele tinha uma banda gospel e tocava na igreja. Como tinha alguns equipamentos, adquiridos para a banda, começou a fazer pequenos trabalhos. "Foi tomando corpo e se tornou uma profissão", conta. 

    Não havia muitas empresas do segmento em Chapecó na época. Gilberto investiu, melhorou a estrutura e começou a fazer grandes eventos. Durante 12 anos, atuou na linha de shows. "Não tinha muitos eventos corporativos, com os quais trabalhamos atualmente, atendendo toda a região Sul e Centro Oeste do Brasil", relata o empresário.

    O maior desafio nessa trajetória foi em 2008, quando Gilberto vendeu uma casa para investir na empresa. "Foi um grande passo e precisava dar certo. Foi quando conseguimos adquirir uma estrutura mais moderna e, a partir de 2009, passamos a atuar com eventos corporativos. Há dez anos não trabalhamos mais com shows, exceto se integrar os eventos que atendemos", expõe.

    Desde 2014 a esposa do empreendedor, Marliese Schneider de Sousa, atua no negócio. As filhas, Gieza, Gabriela e Débora também auxiliam na empresa. "É necessário muita dedicação, mas também é gratificante porque tudo o que conseguimos para a família foi por meio da empresa. Conhecemos muitas pessoas, fizemos amizades e temos clientes que estão conosco há 20 anos", frisa Gilberto.

    Associado à ACIC há 12 anos, Gilberto assinala que a Associação contribuiu para aumentar o networking e, consequentemente, os negócios. "Com as tarefas do dia a dia nem sempre dá tempo de acompanharmos o mercado, mas estando associados, recebemos informações constantemente, por e-mail e outros canais, que são fundamentais para nos mantermos atualizados". Além disso, Gilberto destaca que ser associado proporciona mais credibilidade no mercado.

    Na área de eventos a atualização é fundamental e a inovação sempre fez parte da BS Áudio, que foi uma das primeiras empresas do Sul do País a adquirir painéis de led, em 2009. No ano passado, um grande investimento em equipamentos importados levou a empresa a atuar com multinacionais de todo o Brasil. A média de eventos realizados era de 30 a 40 por mês.

    Porém, em 2020 a empresa passa por mais um momento desafiador em função da pandemia provocada pelo novo coronavírus, com o cancelamento de eventos. Foi quando o espírito empreendedor e criativo fez a empresa se reinventar. Gilberto montou um estúdio digital na sede da empresa para a realização de eventos on-line e tem planos para montar um auditório digital. "Temos alguns pedidos, mas ainda são poucos. Também iniciamos um projeto chamado Música e Esperança, com um caminhão com estrutura para eventos itinerantes e que atende às regras sanitárias", conta o empreendedor que aposta que os eventos on-line continuarão acontecendo após a pandemia.

    DEPOIMENTO

    "Para ter uma empresa, a maioria começa do zero. É preciso acreditar no sonho, trabalhar muito, investir, levantar cedo, dormir tarde e ser 100% honesto".
    Gilberto Claro de Sousa

    Veja também

    “Sucesso é fazer o simples, mas não é fácil fazer o simples todos os dias”, diz Moschetta18/10/18 Com um espírito empreendedor arrojado e à frente das tendências, o diretor geral do Brasão Supermercado, Marcos Antônio Moschetta, relatou a trajetória da empresa no Programa Almoço Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) nesta quinta-feira (18), em Chapecó. A palestra encerrou a agenda do programa deste ano. O......
    ACIC participa de live sobre financiamento de projetos culturais27/07 A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) participa, nesta terça-feira (28), às 19h, de um bate-papo online com pitch (apresentações curtas) de projetos na área cultural. A iniciativa......

    Voltar para Notícias