NOTÍCIAS

Postado em 31 de Março de 2015 às 15h46

Destaque ao empreendedorismo feminino no Workshop da Mulher

Um evento para mulheres de todas as idades, profissões e níveis sociais. O Workshop da Mulher, cujo tema foi "Empreendedorismo, inspiração e atitude" chegou a sua 7ª edição ainda mais completo e prestigiado. De acordo com a diretora de desenvolvimento de Núcleos da ACIC, Carla de Almeida Martins Basso, o objetivo do evento realizado no último sábado, foi fomentar o crescimento pessoal e profissional, o bem-estar e o espírito empreendedor. "Queremos que a mulher se sinta valorizada, na vida e no mercado de trabalho".
No evento foram oferecidas oficinas gratuitas de maquiagem, cabelo, cosméticos, produtos naturais, decoração, artesanato, saúde da mulher, terapias corporais naturais, moda, apresentações artísticas entre outros. Também fez parte da programação, a palestra “Empreendedorismo Feminino”, ministrada pela empresária Adriana Paes.
A palestrante contou sua história de empreendedorismo que teve início ainda na infância com a presença marcante da figura da avó. Apaixonada pelo universo do vestuário aprendeu cedo a trabalhar com máquinas de costura. Adriana afirmou que sempre teve o incentivo dos familiares para o trabalho e descobriu, ainda criança, que "trabalhando você consegue o que quiser". Aos 12 anos, ela conheceu o universo da moda, onde começou a trilhar o caminho que desbrava até hoje. Com uma visão empreendedora, desde muito cedo sentiu a necessidade de criar sua marca que a representaria no mercado de trabalho.
Adriana abordou a necessidade da metamorfose nas diversas fases do negócio. Disse que é importante ouvir o mercado e se adaptar a ele. Para isso, destacou a importância da assessoria e suporte de entidades como o Sebrae e o Senac. Foi de olho no mercado que ela entrou no nicho da moda "Plus Size". Hoje, Adriana Paes é proprietária da marca "Charme" e possui três lojas físicas duas nos tamanhos especiais e uma de moda convencional. A palestrante afirmou que é preciso conhecer seu público-alvo "Eu busquei estudar a área a seguir, contratei profissionais para me auxiliar e, a partir daí, fui trilhando o caminho do sucesso".
HOMENAGENS A MULHERES EMPREENDEDORAS
Exemplos de empreendedorismo também fizeram parte da 7ª edição do Workshop da Mulher. Como estímulo profissional, foram apresentados cases de sucesso de mulheres que buscaram se reciclar, aprender e despontar no seu ramo de negócio. Através de vídeos, as profissionais destaques contaram suas histórias e seus exemplos de "Empreendedorismo, inspiração e atitude".
Uma delas foi a jornalista Raquel Kleinubing que procurou no Empretec uma orientação para montar a Agência Nova Comunicação. Segundo ela, foi construindo sua carreira passo a passo. Raquel afirmou que é preciso correr riscos, pois o mercado vive em constante evolução. “O segredo do sucesso é acreditar no sonho".
Sonho que levou a confeiteira Janete Graff a se inscrever no concurso "Meu sonho, meu negócio" da Ric TV e do Sebrae. Trabalhando na área de confeitaria, foi a ganhadora do concurso e os R$ 8 mil da premiação ajudaram a alavancar seu negócio. Após cinco anos do prêmio, ela ressaltou ter conquistado estabilidade no seu negócio. “O essencial é saber fazer, gostar de fazer e correr atrás".
Outra história que serve de inspiração é a da artesã Marlise Cunha Lima, que apostou na sua criatividade, e correu atrás de cursos, fez graduação e pós-graduação em arte terapia. Para ela, o negócio não é apenas o seu trabalho. "É uma atividade gostosa, uma terapia", complementou. Hoje, Marlise é microempresária e dá oficinas e cursos de artesanato "Faço o que gosto".
A empresária da área de turismo Clarice Bressani também parte do princípio que se você escolher o trabalho que você ama, não trabalhará mais e sim se realizará. Para ela, o segredo do sucesso é doar-se. Através de um curso do Empretec ela teve o apoio extra para se lançar na área de turismo de eventos "Quero aproximar pessoas e destinos", esta é sua filosofia.
Destaque de empreendedorismo no campo, a agricultora Terezinha Peruchini viu na atividade leiteira uma oportunidade de negócio. Apesar de ter uma propriedade pequena foi atrás de cursos e se qualificou na área de laticínios, especialmente na fabricação de queijos. Seu instinto empreendedor não parou por aí. Terezinha ampliou os negócios comercializando os ovos produzidos na propriedade nas feiras. "Para oferecer à indústria nós éramos pequenos, foi nas feiras que buscamos uma alternativa".
A sobrevivência também foi o impulso da artista plástica Marlowa Pompermayer, que percebeu que é preciso estímulos para conquistar seu lugar. E incentivou o público com a frase. "Para todos que querem seu espaço, não pode se conformar nem se acomodar na profissão é preciso sempre seguir em frente".
UM LUGAR DE BUSCAR INFORMAÇÕES E APOIO AO EMPREENDEDOR
A Credioeste – agência de microcrédito - participou do evento pela primeira vez neste ano. Segundo a gerente executiva Marcia Biffi o objetivo foi apresentar uma modalidade de crédito destinada às profissionais que ainda trabalham na informalidade. "Há dificuldade na liberação de crédito para este tipo de trabalhador. Nós oferecemos mesmo para as que ainda não saíram da informalidade. Adotamos uma sistemática de atendimento in loco, realizamos um estudo de crédito e buscamos uma metodologia para avaliar as condições de pagamento. O crédito é liberado conforme as necessidades e condições levantadas", esclareceu. Também foram transmitidas informações sobre o Programa Juro Zero, sem taxas de juros, para incentivar a formalidade das profissionais.
Marcia ressaltou a importância de participar do evento ao destacar que as mulheres empreendedoras vêm se destacando na região. “Elas estão tomando mais iniciativas, colocando suas ideias em prática e superando desafios. Aliado a busca por orientações e conhecimento, o microcrédito tem contribuído para o investimento e desenvolvimento dos pequenos negócios femininos”.
O Sebrae/SC participou do Workshop pelo segundo ano e, destacou que a procura por informações foi maior nesta edição. De acordo com a analista técnica, Maria Inês Paludo Gregianin, foram transmitidas informações sobre as oficinas destinadas à modalidade de Empreendedor Individual, além de divulgar o Prêmio Sebrae "Mulher de Negócios" – reconhecimento que já contou a história de várias mulheres empreendedoras e busca descobrir novos cases de sucesso. O prêmio é aberto para empreendedoras com no mínino um ano de CNPJ, microempreendedora individual, produtora rural e pequenos negócios.
Já a Fundação Aury Bodanese, por meio de sua mantenedora - a Cooperativa Central Aurora Alimentos - buscou conscientizar sobre educação financeira. Segundo a presidente Isabel Cristina Machado é muito importante que a mulher tenha um momento dela, como neste Workshop, que proporciona conhecimento e lazer. “O evento é importante, pois contribui para promover uma transformação na vida da população feminina. Acreditamos que, quanto mais parceiros, melhores serão os resultados. Estamos aqui para ajudar a transformar a vida da mulher".
PARCEIROS DO EVENTO
Organizado pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), por meio dos Núcleos de Profissionais da Saúde em parceria com a Prefeitura Municipal de Chapecó, através da Secretaria de Assistência Social, o 7º Workshop da Mulher contou com apoio de entidades e instituições públicas e privadas, entre elas, Senac, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Instituto Embelleze, Empório Faz Bem, Clínica Odontológica Risate, Executiva Eventos, Núcleo de Comércio Exterior e Logística Internacional da ACIC, Núcleo de Automecânicas da ACIC, Kinessis Academia Feminina, Fitness - Olimpus Rebook, Sebrae, Credioeste, Mary Kay, CREAS, Arte Jovem, Feito Sob Medida, Artesato, Fundação Aury Bodanese, Secretaria de Saúde, Sala do Empreendedor, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Farmácia São Vicente, Mundo Verde e Apti Alimentos.

Veja também

Fortalecer a gestão empresarial para se tornar mais competitivo01/04/16 Para uma empresa sobreviver, o gestor precisa abraçar preceitos essenciais em sua administração. Liderança, estratégia e planos, clientes, sociedade, informações e conhecimento, pessoas, processos e resultados são critérios sugeridos pela Fundação Nacional de Qualidade (FNQ) que garantem respostas efetivas à saúde das......
Empresas confiam nas soluções empresariais da ACIC28/04/17 Facilitar o trabalho de gestão e promover o desenvolvimento do comércio local são alguns dos benefícios do cartão Util Alimentação, solução empresarial disponibilizada pela......

Voltar para Notícias