Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 12 de Setembro de 2016 às 10h54

    Chapecó: centro mundial da indústria da carne

    JOSIAS ANTÔNIO MASCARELLO
    Presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC)

    A Associação Comercial e Industrial de Chapecó, aliada aos seus grandes e leais parceiros, entrega à comunidade econômica nesta semana a 11ª edição da MERCOAGRO – Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne. A Mercoagro representa uma trajetória de sucesso e de cooperação ao desenvolvimento do vasto setor das indústrias de processamento de alimentos cárneos do Brasil e do exterior.
    Em um ano em que a crise econômica assola vastas áreas da atividade, a MERCOAGRO 2016 apresenta-se como vitalidade ímpar, não apenas porque todos os espaços se esgotaram, mas, essencialmente, porque esse evento traduz a ação, o dinamismo e o arrojo de uma das maiores e mais complexas cadeias produtivas da economia brasileira com a presença dos principais atores do mercado. Nossos empresários e empreendedores compreenderam que as crises são neutralizadas com trabalho, pesquisa, investimentos, prospecção de mercado, mudanças de estratégias e revisão de táticas. Não é hora de se encolher e esperar, mas de ser proativo e vanguardista.
    Muitos fatores explicam o sucesso da feira, mas, indubitavelmente, deve-se a sua localização, no centro de uma região com mais de 600 pequenas, médias e grandes indústrias frigoríficas de abate e processamento de aves, suínos e bovinos. Nessa área frutifica uma malha de indústrias de bens de produção, que oferecem 100% das máquinas e equipamentos necessários para construção e instalação de unidades frigoríficas.
    São notáveis os esforços que, desde sua primeira edição, Chapecó vem realizando para melhorar a infraestrutura e acolher a crescente clientela do país e do exterior. O volume de negócios efetivamente fechados tem sido o maior, o mais valorizado e mais eloqüente indicador do sucesso da MERCOAGRO. A certeza de bons negócios permitiu superar algumas deficiências infraestruturais, vencer o tempo e a distância e reunir, num mesmo espaço físico, fornecedores e compradores dos cinco continentes. Uma formidável sinergia entre os setores público e privado possibilitou notabilizar no Brasil e no exterior a MERCOAGRO como uma das melhores oportunidades de incremento dos negócios.
    A expo-feira notabilizou-se mundialmente e atrai fabricantes e fornecedores de máquinas, equipamentos, implementos e insumos para as indústrias frigoríficas. As empresas expositoras compõem o maior e mais completo conjunto de insumos para o processamento industrial de carnes: máquinas, equipamentos, embaladoras, condimentos, correias, gases industriais, sistemas de tratamento de efluentes, estufas e equipamentos para congelamento e refrigeração, tripas, filtros, corantes, aromatizantes, impermeabilizantes, utensílios, entre centenas de outros itens.
    O compromisso com a integração econômica e a difusão do conhecimento científico que presidiram a primeira edição continua sendo prioridade. Por isso, simultaneamente ao fomento dos negócios, a Mercoagro atua como importante instrumento de integração e difusão tecnológica através dos eventos paralelos, como o Seminário Internacional de Industrialização da Carne, a Clínica Tecnológica, o Laboratório Experimental, o salão de inovação, a sessão de negócios, o painel de oportunidades e o Mercoshow, entre outros. É por essas razões que Chapecó, com a Mercoagro, torna-se o centro das inovações tecnológicas e conceituais da indústria mundial de carne.

    Veja também

    MERCOAGRO 2014 - Tendências de mercado são apresentadas em palestras11/09/14 As principais tendências e tecnologias do setor de carnes foram apresentadas para um público composto de profissionais de diferentes áreas e para estudantes durante as palestras realizadas na manhã desta quarta-feira, dia 10, no X Seminário Internacional de Industrialização da Carne, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de SC (FIESC),......
    ACIC no Legislativo Votação do projeto para redução de vereadores é adiado pela quarta vez por pedido de vista25/06/19Vereador Carlinhos Nogueira solicitou prazo de até três dias para análise do projeto Com entrada na Casa no dia 13 de fevereiro, o projeto número 33, de autoria do vereador Neuri Mantelli (sem partido), que propõe a redução do número de vereadores na Câmara de Chapecó de 21 para 17, teve sua......

    Voltar para Notícias