NOTÍCIAS

Postado em 09 de Agosto de 2013 às 17h04

Bumerangue de Ideias do NJE

O valor está no saber

Bumerangue Brasil no Bumerangue de Ideias. O programa promovido pelo Núcleo do Jovem Empreendedor (NJE) da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) recebeu, nessa semana, o médico veterinário e empresário Gonçalo Gomes Soares Coelho. Sócio responsável pela área de vendas e marketing da Bumerangue Brasil Ltda, Gonçalo acumula experiência profissional de 30 anos. “Me considero uma pessoa estável. Em toda a vida, tive apenas três empregos”. Atuou como músico, assumiu cargos de gestão na Sadia S/A e, hoje, é sócio na empresa Bumerangue que atua na fabricação de esteiras transportadoras plásticas, consultorias e projetos, tendo como área de abrangência toda a América Latina.

Gonçalo dedica as segundas-feiras à noite para o que, segundo ele, é um hobby: a sala de aula. Ele é professor de um curso tecnólogo na Faculdade Senac em Chapecó. A experiência da sala de aula fez com que Gonçalo chegasse à conclusão de que, cada vez mais, os jovens têm menos interesse em aprender. “Infelizmente, as pessoas estão valorizando mais o ter, do que o saber”, lamentou.
Aos jovens que acompanharam a palestra, tanto do NJE quanto dos cursos de Gestão Comercial e de Logística da Unoesc Chapecó, Gonçalo disse que para ter sucesso é preciso se doar para aprender e entender as coisas. “Mais do que o título, o que interessa é o conhecimento, é o que se sabe. Isso faz diferença”.

O Bumerangue de Ideias, coordenado pelos integrantes do NJE Karine Marmitt e Thiago Quevedo, tem como objetivo oportunizar a troca de experiências entre nucleados e profissionais de destaque no meio empresarial. A coordenadora do Núcleo, Rosiclei Voicolesko, diz que, a cada edição, o programa supera as expectativas e os jovens saem motivados para empreender e percebem que alcançar uma carreira de sucesso é possível a partir de dedicação e força de vontade. “É preciso buscar, as coisas não vem de graça”.

O ingresso foi um quilo de alimento não perecível e os donativos arrecadados serão repassados para o Programa Viver que oferece atividades de recreação, esporte, cultura, lazer e cursos profissionalizantes para crianças e adolescentes em risco social. O projeto é desenvolvido no bairro Santo Antonio, em Chapecó.

Veja também

NTIC aproxima estudantes do setor de tecnologia da informação18/10/16 O mercado de tecnologia da informação e da comunicação é um dos que mais cresce no Brasil e no mundo. Por outro lado, há falta de profissionais qualificados em diversos segmentos dentro do setor. Para despertar o interesse de jovens pela área, o Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação (NTIC) da Associação......
NTIC da ACIC apresenta site de emprego para o setor de Tecnologia19/09/13 Ferramenta reduzirá a dificuldade do setor na contratação de profissionais e ainda oferecerá, à comunidade, uma possibilidade de ingresso no mercado de trabalho O setor de tecnologia e comunicação tem......

Voltar para Notícias