NOTÍCIAS

Postado em 15 de Agosto de 2019 às 16h53

“A JA só existe porque tem um grande diferencial de pessoas”, afirma Ivanete Matte

Eventos (101)
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -

Empreendedora relata os desafios e as conquistas da empresa no Programa Almoço Empresarial da ACIC Chapecó

Uma história marcada por muitos desafios, superação, conquistas e persistência de uma empreendedora que fez o negócio dar certo. A diretora da JA Tecnologia em Equipamentos Industriais, Ivanete Matte, relatou a sua trajetória e a da empresa no Programa Almoço Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), nesta quinta-feira (15).

Ivanete começou a trabalhar com dez anos de idade como empregada doméstica. Atuou em diversas empresas, casou, se mudou de Chapecó para o Paraná, onde atuou no comércio e onde, com o marido, resolveu ter a primeira empresa, mas o negócio não deu certo e voltou para Chapecó. Porém, o espírito empreendedor falava mais alto e, com o esposo, começou um novo negócio: fabricação de quiosques para cachorro-quente.

Dessa história nasceu a JA Equipamentos, em 1998, tendo três sócios e um espaço de 150 metros quadrados. “Nós não tínhamos experiência em gestão e a ideia era ter no máximo dez funcionários. Nosso primeiro trabalho foi gratuito: um conserto de esteira de frigorífico na cidade de Passo Fundo”, lembrou Ivanete. A primeira venda foi para a unidade de um grande frigorífico, em Toledo. “Fabricamos nossa primeira esteira, um projeto exclusivo na época, para essa empresa”, relatou.

Apesar das dificuldades, a JA foi crescendo. Em 2000 tinha 19 funcionários e uma nova sede, com 900 metros quadrados. O quadro de colaboradores foi ampliado, passando para 47 em 2003. De acordo com Ivanete, houve mudanças na sociedade, novos desafios apareceram, mas o resultado não era satisfatório. “Fui ao Sebrae e iniciamos uma consultoria. Seguimos todas as dicas do consultor e redefinimos planejamento, foco e ações”.

Em 2006 a empresa possuía 71 funcionários e tinha ampliado sua sede para 2.800 metros quadrados. “Em 2008 houve uma grande crise econômica mundial, as vendas despencaram, foi um período muito difícil, mas as coisas estavam mais estruturadas e eu insisti, a empresa tinha que dar certo”. Com essa persistência, o crescimento continuou e entre 2011 e 2015 ocorreram outras alterações societárias. A empresa já tinha 90 funcionários.

Com um novo projeto de gestão, foram estruturados diversos setores dentro da empresa, entre eles de gestão financeira, comercial e de pessoas, também com a contribuição de uma consultoria especializada. A JA estava decidida a investir forte em produção e no crescimento. Começou a participar de feiras, entre elas a Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (Mercoagro), promovida pela ACIC.

NOVOS DESAFIOS

Quando tudo parecia ir bem, o Brasil passou por uma nova crise econômica. “Não baixamos a cabeça para isso. A empresa precisava se reinventar para passar por mais esse período de dificuldades, mas temos uma turma de gestores e colaboradores que vestem a camisa. Iniciamos projetos de novos equipamentos, implantamos a filosofia lean e, no meio da crise, construímos um novo parque fabril”, contou a diretora.

Atualmente, a empresa tem uma sede com 3.500 metros quadrados e 98 colaboradores. “Como conseguimos chegar até aqui? Quando fiquei sozinha na empresa comecei a delegar e passamos a ter foco nas pessoas, a valorizar a nossa equipe. A JA só existe porque tem um grande diferencial de pessoas que trabalham conosco”, relatou Ivanete acrescentando que a empresa busca desenvolver lideranças e investir no aperfeiçoamento dos colaboradores. Desenvolve um projeto de Educação de Jovens e Adultos e tem parceria com a Penitenciária Agrícola de Chapecó para contratação de reeducandos apenados.

No meio de tudo isso, a empreendedora também passou por um problema de saúde: câncer de mama. “Nesse período tive muita sorte porque os meninos e as meninas, como chamo nossos colaboradores, tocaram a empresa enquanto eu fazia o tratamento”, enfatizou Ivanete. Outra fase em andamento agora é a preparação para a sucessão empresarial. “A nossa história se renova e se mantém a cada etapa. Sempre digo que juntos seremos cada vez mais fortes”, finalizou Ivanete.

A JA Equipamentos atua no setor de agroindústrias oferecendo soluções efetivas, tecnológicas e inovadoras que contribuem para o crescimento contínuo e sustentável. Desenvolve projetos customizados para toda a linha de produção da indústria frigorífica e alimentícia, diferencial que a destaca como grande fornecedora de máquinas, equipamentos e serviços, consolidando-se como uma grande exportadora para o mercado mundial.

ALMOÇO EMPRESARIAL

O presidente da ACIC, Cidnei Barozzi, destacou que o Almoço Empresarial é uma maneira de compartilhar experiências e contribuir para o desenvolvimento dos negócios. “Cada apresentação das empresas é singular. O sucesso é resultado de muita dedicação e trabalho, mostrando que temos grandes empreendedores em Chapecó”.

Neste ano, o evento iniciou com explanação do diretor da Eletro Service, Adilson Campos, e do CEO da Renovigi Energia Solar, Alcione Belache. A próxima empresa a participar será a Eko’7, no dia 10 de setembro.

O Almoço Empresarial tem apoio institucional do Banco de Desenvolvimento Regional do Extremo Sul (BRDE), Certa Seguros, Fênix, Inviolável, Sicoob MaxiCrédito, Sicredi e Unimed.

Veja também

MERCOAGRO 2016 Salão da Inovação incentiva o desenvolvimento de novos produtos14/09/16 Linguiça defumada maturada de ovinos, presunto defumado de tilápia, quibe de cordeiro, creme de leite de arroz-vegano, patê de fígado de rã-touro, queijo tipo cottage sem lactose com adição de fibras e redução do sódio e da gordura e manteiga extra sem lactose com redução de sódio e adição de ômega 3. Essas......
“Estacionando na Praça”17/05/17 Núcleo dos CFCs da ACIC orienta durante o Maio Amarelo O Núcleo dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) está engajado no Movimento Maio......
Concurso de redação encaminha jovens para o mercado de trabalho29/11/19Estudantes do 9º ano foram premiados com um tablet, brindes e a oportunidade do primeiro emprego Nesta sexta-feira (29) ocorreu o encerramento do 1º Concurso de Redação “A aprendizagem como forma de profissionalização, inclusão social e acolhimento” promovido pelo Programa de Combate ao Trabalho......

Voltar para Notícias