Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 01 de Novembro de 2013 às 16h33

    2º Fórum de Sustentabilidade será nesta segunda-feira, em Chapecó

    As Associações Comerciais e Industriais de Chapecó (ACIC) e de Joaçaba (ACIOC), a Celulose Irani S/A e a Unoesc realizam nesta segunda-feira, 4, no CESEC, o 2o Fórum de Sustentabilidade, no qual haverá lançamento estadual da G4, a nova geração de diretrizes do sistema GRI (Global Reporting Initiative) para publicação de relatórios de sustentabilidade. O evento será desenvolvido no período vespertino, reunirá cerca de 120 dirigentes empresariais e analistas da área, com apoio da Nord Electric, FACISC, FIESC e GRI.

    A programação iniciará às 13h30 com apresentação da metodologia GRI pela diretora do Ponto Focal GRI no Brasil, Gláucia Térreo.

    Às 15h20 haverá intervalo e em seguida iniciará painel empresarial com Bruno Luz Martins (analista da Dudalina), Schirlei Osmarini (gerente de marketing da Tirol), Bruna Camassari da Silva (analista de sustentabilidade da Celulose Irani) e Nelson Akimoto (diretor presidente da Nord Electric).

    Essas empresas relatarão os benefícios auferidos com a prática habitual e institucional de relatar os resultados, avanços e desafios relacionados com a sustentabilidade, mediante a utilização da metodologia GRI.

    Para o setor empresarial, o conceito de sustentabilidade representa uma abordagem para se fazer negócios com inclusão social, respeito à diversidade cultural e aos interesses de todos os envolvidos, a otimização do uso de recursos naturais e a redução do impacto sobre o meio ambiente. Mas não se trata de definir e perseguir apenas metas sociais e ambientais, pois, também é legitima a busca pelo lucro, o retorno aos acionistas, a prosperidade financeira. Na prática, sustentabilidade está ligada ao conceito do triple bottom line, onde deve haver o equilíbrio entre as dimensões social, ambiental e econômica.

    O princípio da sustentabilidade defende que a satisfação das necessidades das gerações atuais não deve comprometer a das gerações vindouras. Por outras palavras, a utilização dos recursos naturais atualmente disponíveis, não deve ser mais rápida que a capacidade da própria natureza em os repor. Este princípio relaciona-se com o conceito de desenvolvimento sustentável.

    O desenvolvimento sustentável é aquele que permite alcançar as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de alcançarem as suas próprias necessidades. O modelo de desenvolvimento sustentável é, assim, aquele que internaliza os custos ambientais e sociais na economia e que substitui a primazia da economia pelo equilíbrio das dimensões ambiental, social e econômica.

    Sustentabilidade é um compromisso empresarial que torna-se prioridade do planejamento estratégico. Por isso, as empresas comprometidas com a sustentabilidade devem adotar a prática da transparência, não como ferramenta de marketing ou de relações públicas, mas, como estratégia de comunicação com a sociedade. Assim, essas organizações humanas (as empresas) demonstram que, também, são agentes de mudança, que operam com transparência e responsabilidade.

    Quando implementado de forma autêntica, este compromisso trará resultados positivos para a sociedade (atenuação ou solução de mazelas) e para a empresa (valorização da imagem institucional e da marca, maior lealdade do consumidor, maior capacidade de recrutar e manter talentos, flexibilidade e capacidade de adaptação e longevidade).

    Veja também

    Certificado Digital já pode ser emitido na nuvem com validade de cinco anos28/01/19 Fonte - SEGS.com.br Tecnologia segue em evolução e, agora, além de poder ser carregada em mídias criptográficas e no celular, pode ser armazenada, também, na nuvem com a opção de cinco de anos de validade   O Certificado Digital, conhecido por viabilizar transações no meio eletrônico com validade jurídica e total......
    Encadeamento Produtivo: pequenos negócios em evidência na Mercoagro 201619/09/16 Diversos produtos e serviços para o segmento de frigorífico são apresentados pelas treze pequenas empresas que integram o “Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos – Sebrae/SC: suínos, aves e leite” em estandes,......

    Voltar para Notícias