Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 08 de Agosto de 2017 às 15h57

    Com otimismo e previsão de bons negócios, Mercoagro 2018 é lançada em São Paulo

    A Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP) sediou, na semana passada, o lançamento da Mercoagro 2018, Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne, programada para o período de 11 a 14 de setembro do próximo ano, em Chapecó. A expo-feira é uma das mais exitosas iniciativas da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC).


    A solenidade reuniu empresários, expositores, autoridades e profissionais de imprensa e marcou a contagem regressiva para a realização de uma das maiores feiras técnicas da indústria mundial de alimentos. O ato consistiu de apresentação do projeto geral, das condições do parque de exposições, da estrutura da cidade e das condições para participação.


    O otimismo e a previsão de bons negócios emolduraram o lançamento da expo-feira que está com 50% dos espaços vendidos e espera fechar o ano com 75% da venda fechada. O diretor de agronegócio da ACIC Vincenzo Francesco Mastrogiacomo destacou que o sucesso da feira deve-se ao volume de transações oportunizadas a cada edição. “Aqui se fazem negócios, por isso tem a preferência dos expositores”. O diretor expôs o desempenho do agronegócio em geral e, das agroindústrias da carne, em particular, para mostrar que o setor se transformou na locomotiva da economia brasileira.


    Realçou a importância da Mercoagro em seus 24 anos de ininterruptas edições bienais. Lembrou que, nesse período, muitas empresas cresceram estimuladas pelas vendas fechadas a cada edição da exposição-feira e apoiadas pela aproximação entre fornecedores e usuários, a realização de seminários e a divulgação internacional. Além disso, gerou oportunidades de negócios entre fornecedores e fabricantes, promovendo as regiões das empresas produtoras.


    Na oportunidade se manifestou a diretora da empresa ENTERPRISE FEIRAS E EVENTOS, dirigida pela empresária Maria Antônia Siqueira Ferreira, com vasta experiência e conceito no mercado de feiras especializadas, contratada pela ACIC para coordenar o esforço de venda e prestar assessoramento técnico.


    “Em épocas de adversidades nascem os melhores projetos, surgem novas habilidades e novas ferramentas para a conquista de novos espaços. As crises não diminuem o número de clientes, mas o tamanho dos pedidos, por isso, é essencial investir em feiras comerciais para manter o nível da receita operacional das empresas”, colocou Maria Antônia. A empresária informou que dezenas de empresas paulistas, paranaenses, catarinenses e gaúchas já assinaram contrato para a edição de 2018.


    PREPARAÇÃO
    O diretor de feiras e eventos da ACIC Bento Zanoni informou que a ACIC está mantendo ampla articulação com a Administração Municipal, as organizações de representação da indústria e dos centros de pesquisa, o empresariado e demais parceiros – especialmente hotéis e prestadores de serviços – para assegurar plenas condições técnicas, institucionais e logísticas para a realização da próxima Mercoagro. A primeira reunião preparatória ocorreu na semana passada, com a Diretoria Executiva. Na ocasião o gerente do projeto Mercoagro, Nadir José Cervelin, apresentou um balanço de todas as providências em andamento.


    A MERCOAGRO 2018 está programada para o período de 11 a 14 de setembro de 2018 no parque de exposições da EFAPI em Chapecó. Terá 160 estandes com 250 marcas representadas. A previsão é de 15 mil visitantes/compradores e negócios da ordem de 160 milhões de dólares.

    Veja também

    Curso capacita profissionais de departamento pessoal16/08/16 Com o objetivo de proporcionar transmissão de conhecimentos básicos e essenciais para o desempenho diário nas atividades vinculadas as departamento de pessoal das empresas, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) promoveu, na última semana, o curso “Departamento Pessoal Básico”. O facilitador foi o mestrando em......
    MANIFESTO DAS ENTIDADES08/03/16 A sociedade brasileira vive dias de angústia e aflição. A corrupção em escala, amplitude e proporções nunca imagináveis gerou uma crise política que agravou a – já instalada......
    Sistema tributário brasileiro precisa ser simplificado14/09 Um sistema tributário justo e simplificado, com regras claras, que proporcione o aumento da produtividade e da geração de empregos. É isso que a ACIC, ao longo de sua história, sempre defendeu. Essa postulação é sustentada em face da constatação de que a......

    Voltar para Notícias