NOTÍCIAS

Postado em 15 de Setembro de 2016 às 14h57

BRDE na Mercoagro assina contratos de R$ 72 mi com cooperativas

Eventos (64)

Contratos de longo prazo no valor de R$ 72,3 milhões foram assinados nesta semana durante a MERCOAGRO 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne), que encerra nesta sexta-feira em Chapecó, pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e cinco organizações cooperativistas. Foram quatro contratos com cooperativas de produção agroindustrial e um com a cooperativa médica Unimed Chapecó.
Em evento realizado no estande da ACIC, o banco reuniu executivos de cooperativas da região, representantes de entidades e empresários para celebrar também a parceria entre a instituição de fomento e as cooperativas.
O BRDE assinou contrato com a Unimed Chapecó para o financiamento da segunda etapa da construção do Hospital. Firmado pelo presidente da cooperativa médica José Pegoraro Foresti, o contrato vai permitir a concessão de mais R$ 20 milhões para a obra hospitalar e para a aquisição de móveis e equipamentos. O Novo Hospital Unimed Chapecó está em fase de construção e depois de completamente concluído, terá 8 mil m² além de 2,6 mil m² de estacionamento nos dois primeiros andares de subsolo. “Esta construção é uma resposta da cooperativa médica às necessidades de saúde do Grande Oeste catarinense”, destaca o presidente Foresti.
Entre os contratos assinados na Mercoagro está o de R$ 10,785 milhões firmado pelo representante da Cooperitaipu, Serafim Thiesen. A Cooperitaipu utilizará os recursos para a aquisição de insumos agropecuários e posterior repasse aos cooperados. O financiamento se dá por meio da integralização de cotas-partes por meio de seus associados.
Com a Copérdia o BRDE assinou dois contratos: o primeiro, de R$ 20 milhões, se dá por meio da integralização de cotas-partes por seus associados. O segundo contrato firmado pelo presidente da Copérdia Valdemar Bordignon e o BRDE no montante de R$ 1,5 milhão, permitirá a ampliação e modernização da unidade da Copérdia em Água Doce. O projeto amplia a capacidade de armazenagem de 2 mil sacas para 35 mil sacas e também vai incrementar a capacidade de recebimento de grãos, que passa de 3 mil sacas para 10 mil sacas por dia.
A Cooperativa A1 também firmou contrato de R$ 20 milhões para a compra de insumos agropecuários aos associados. O financiamento se dá por meio da integralização de cotas-partes pelos seus cooperados.
HOMENAGENS
O presidente da ACIC, Josias Mascarello, destacou a importância das cooperativas para a economia do Oeste. Também salientou a relevância de ter o apoio do BRDE para a realização de eventos como a Mercoagro, que movimentam um setor altamente vinculado às cooperativas, como a agroindústria.
Após a assinatura de contratos, o BRDE prestou homenagens a Sicoob Credial, Cresol Central Sicoper, Cooperativa Agroindustrial Alfa, Fecoagro, Cooperativa Central Aurora Alimentos (maior cliente do BRDE em SC) e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC).

Veja também

Inova Jovem31/10/17Projeto capacita jovens e estimula a pensar na carreira profissional Com objetivo de capacitar adolescentes vinculados às empresas associadas e comunidade em geral, desenvolvendo competências pessoais, habilidades e postura ideal para o mercado de trabalho, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) desenvolve o projeto Inova Jovem. A intenção é estimular os participantes a enxergarem além do presente e......
Como inovar no varejo e se manter competitivo no mercado27/02Tema foi abordado em palestra promovida nessa semana pela ACIC, CDL Chapecó e Senac Inovar é fundamental no cenário global, com consumidores que mudam o tempo todo e estão cada vez mais integrados e conectados. O varejista que deseja continuar competitivo no mercado precisa investir em novas ideias. O tema foi abordado......
Acic alerta para o reconhecimento de boletos falsos03/02/14 Embora o problema seja recorrente, a atenção não deve ser dispensada. Aproveitando esta época do ano, na qual empresas e pessoas físicas acumulam um volume maior de títulos e contas a serem pagas, os golpistas contam......

Voltar para Notícias