Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 15 de Março de 2019 às 14h37

    Acic na Câmara Legislativo aprova obrigatoriedade de cardápios em Braille em estabelecimentos de Chapecó

    • ACIC CHAPECÓ -

    Bares, hotéis, restaurantes e similares devem disponibilizar até dois cardápios aos clientes

    Os vereadores de Chapecó aprovaram na sessão desta quinta (14) o projeto de lei 271/18 que obriga a disponibilidade de cardápios em Braille em bares, hotéis, restaurantes e estabelecimentos similares no município. A proposta foi aprovada em primeira votação, de forma unânime, com emenda modificativa do autor do projeto, Claimar de Conto (PP), indicando que os estabelecimentos devem disponibilizar os cardápios no sistema de leitura só quando necessário.

    “Alterei o projeto para não tornar algo impositivo e ao mesmo tempo garantir a opção quando necessário. Os estabelecimentos devem ter até dois cardápios em Braille à disposição dos clientes, em fonte Times New Roman e tamanho 28. É um projeto de inclusão social e que não vai onerar significadamente os estabelecimentos”, argumenta Claimar.

    Além do projeto de lei, que volta ao plenário nesta sexta-feira (15) para segunda votação, os vereadores também aprovaram 12 indicações. Entre elas, pedidos de reparos em ondulações e buracos nas Avenidas São Pedro e Fernando Machado; estudo para implantação de mão única e estacionamento em um lado só na rua Achiles Tomazeli, em frente ao Ceim Nova Era, no bairro Santa Maria e a limpeza com mais frequência dos containers que armazenam o lixo reciclável na cidade.

    DEFESA CIVIL

    Na sessão desta quinta-feira, os vereadores novamente cobraram respostas sobre a falta de estrutura de trabalho da Defesa Civil do município. O vereador Neuri Mantelli (PRB) cobrou intervenção do Ministério Público para resolver o problema. “Não dá para continuar assim, a população está desassistida. O Ministério Público precisa agir”, afirmou Mantelli.

    O vereador Aderbal Pedroso da Silva (PSD), foi além e ressaltou que Chapecó precisa pensar em ações para prevenir danos causados por enchentes. Já o líder do governo, João Rosa (PSB), ao concordar com as manifestações dos vereadores, adiantou que o Executivo vai anunciar mudanças administrativas e a Defesa Civil deve ser remodelada.

    DEBATE

    A tragédia em uma escola de Suzano, em São Paulo, também gerou debates na Câmara. O líder do governo, João Rosa, defendeu a instalação de detectores de metais nas escolas públicas de Chapecó para evitar crime semelhante. “Vou propor detectores, se serão instalados, não sei. É uma possibilidade. Precisamos proteger as crianças e tomarmos alguma ação”, destacou.

    O vereador Adão Teodoro (PR) defendeu que a Guarda Municipal e a Polícia Militar atuem com mais frequência em frente às escolas. Já Cleiton Fossá (PMDB) protocolou requerimento solicitando informações da Secretaria de Educação sobre a segurança nas escolas e centros infantis para saber se há guardas e vigilantes, além de câmeras de monitoramento. “Antes de propormos, é preciso diagnosticar”, afirmou.

    Jatir Balbinot (PDT) e Astrit Tozzo (PSD) alegaram que os problemas na educação no País são maiores e dificilmente resolvidos por detectores de metais nas escolas, opinião que também foi defendida pelos petistas Cleber Ceccon (PT) e Marcilei Vignatti (PT). “Fico estarrecida com a ideia de detectores de metal nas escolas. Escola é lugar de conhecimento, de liberdade de opiniões, de crianças, de produção de ciências, não é lugar de armas”, declarou Marcilei.

    Veja também

    Comex em Pauta aborda estratégias para exportar aos EUA27/06/18 “Como exportar para os Estados Unidos?” foi o foco da 2ª edição do Comex em Pauta promovido pelo Núcleo de Comércio Exterior e Logística Internacional da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), nessa semana, no auditório do Sicoob MaxiCrédito. A iniciativa, que é realizada mensalmente, tem por objetivo......
    Canal gratuito para empresas divulgarem seus produtos e serviços11/08 Anunciar produtos e serviços de empresas associadas é o objetivo da ACIC com o serviço Classificados ACIC, uma campanha para contribuir com as organizações no enfrentamento da crise provocada pelo novo coronavírus. A......

    Voltar para Notícias